4 de jan de 2011

IV ENCONTRO DE MESTRES DO MUNDO - Regiâo do Cariri/CE


















Fátima Paraguassú, Mestre Arnaldo e Domá da Conceição - participaram do  IV Encontro Mestres do Mundo e III Seminário Nacional de Culturas Populares.Rodas de Mestres deram mostras da diversidade cultural

 Cordel, mamulengos, aboios, coco, pífanos,violino, rabeca, dança do boi, benditos, reisados, dança do bode, orquestra de enxadas, xotes e congado essas são algumas mostras da diversidade cultural do povo brasileiro expostas nas Rodas de Mestres

Cariri vive noites culturais épicas no IV Encontro Mestres do Mundo

No começo das apresentações, o Maracatu Leão Coroado, de Pernambuco, cantou loas e mostrou o  motivo de estar vivo há mais de cem anos

Diplomação Tesouros Vivos da Cultura 2008

Nove Mestres e duas Comunidades da Cultura do Ceará foram diplomados com o título de Tesouros vivos da Cultura do Ceará:
Mestre Francisco Marques do Nascimento, de Itarema, Luciano Carneiro Lima, do Crato,Luiz Manuel do Nascimento, de Itarema, Expedito Veloso de Carvalho, de Nova Olinda, Francisca Galdino de Oliveira, de Alto Santo, Maria do Carmo Menezes, de Paracuru, Raimundo de Brito e José Stênio Silva, de Juazeiro do Norte e c Reisado da Comunidade de São Joaquim e Reisado dos Irmãos Discípulos de Mestre Pedro.

III Seminários Nacional de Culturas Populares

Momento de aporte teórico e reflexão metodológica sobre os saberes e os fazeres dos Mestres, em seus variados campos de atuação








Temos ainda registrado em nossa mente a hospitalidade e carinho a nós dedicado. Somos agora um pouco mais ricos por carregarmos em nossos corações não só nossos Mestres, mas todos aqueles que nos foram apresentados no grande encontro. 

Esta interface criada entre a Diversidade Cultural do País por meio deste evento no Cariri reforça as diversas Manifestações Culturais e dá respaldo à resistência daqueles que tantas intempéries enfrentaram e enfrentam para manter viva nossa cultura, nosso jeito de ser e de viver. Uma região encravada no semi-árido nordestino que catalisa o desenvolvimento interiorano dos estados do Ceará, Pernambuco, Piauí, Paraíba. Forma um importante pólo comercial, onde o centro está localizado no triângulo: Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. Foi neste triângulo que aconteceu de 02 a 06 de dezembro o IV Encontro de Mestres do Mundo. Mestres de cada canto do Brasil participaram suas vivências e experiências entre si. Um espetáculo inesquecível! Todo acúmulo de saber angariado ao longo de suas vidas; saberes que a escola não ensina. Foram momentos magníficos, onde tivemos a oportunidade de presenciar o que cada Estado deste imenso Brasil tem guardado no mais recôndito de seu ser. Relatos, prêmios, música e muita festa. As manhãs foram dedicadas às Rodas de Mestres, um diálogo entre os mestres (locais, regionais, nacionais) sobre suas tradições, percepções e vivências. Também foi realizado o Mestre Convida (terreirada), uma programação paralela na casa de três mestres da região. Lapinha da Mestra Tatai (Juazeiro do Norte); Reisado do Mestre Aldenir (Crato) e Ordem dos Penitentes do Sitio Cabeceiras de Barbalha do Mestre Joaquim Mulato (Barbalha), diplomados pelo Governo do Estado como Mestres da Cultura Popular do Ceará receberam convidados em suas casas, mostrando in loco seus costumes e tradições...No memorial Pe. Cícero, em Juazeiro do Norte, escolas fizeram as suas apresentações e homenagens, muitas delas ao filho ilustre do Assaré, Patativa. Em paralelo, no Crato Tênis Clube, no Crato, os Mestres tiveram encontros na Rodas de Mestres para trocas de suas experiências. Escolas públicas de 13 municípios do Cariri participaram ativamente do evento desenvolvendo projetos de educação patrimonial e de concursos de redação promovido pela Secretaria de Cultura do Estado em parceria com a Comissão Cearense de Folclore e Ministério da Cultura.  “Educação Patrimonial Mestres da Cultura” e Redação “A Importância do Saber e do Fazer dos Mestres da Cultura Tradicional” foram os temas concorridos. As Escola de Ensino Fundamental e Infantil Maria Isabel, da cidade de Assaré, com o projeto Patativa em Rede, e a Escola Ensino Fundamental Adauto Bezerra, de Juazeiro do Norte, com o projeto Fala Cordel, foram as vencedoras. Cada escola recebeu um kit com sete instrumentos musicais, sendo duas guitarras, dois contrabaixos, dois teclados e uma bateria completa. 


            O Ceará deu um passo adiante de outros Estados brasileiros na preservação e proteção do seu patrimônio imaterial. Através da Secretaria da Cultura (Secult), garantiu o registro dos Mestres da Cultura Tradicional Popular, contemplados com recurso financeiro, apoiando e preservando a memória cultural do nosso povo, transmitindo às gerações futuras o saber e a arte sobre os quais construímos a nossa história.

“Tesouro Vivo”, um reconhecimento simbólico de sua importância no contexto cultural do Estado, o artista tem seu nome inscrito no Registro dos Mestres da Cultura Tradicional Popular, livro próprio da Secretaria da Cultura, (Livro dos Mestres, específico, sob a guarda da Coordenação de Patrimônio Histórico Cultural (COPAHC). No livro referido estão inscritos os nomes dos 48 mestres diplomados os quais representam os Tesouros Vivos do Estado do Ceará.
Eu, Aparecida Teixeira de Fátima Paraguassú de Santa Cruz de Goiás; Arnaldo José de Souza; Lindomar da Conceição e Marco Augusto Rezende, ganhadores do Premio Culturas Populares Mestre Duda2007, da SID/MinC, fomos convidados a participar deste encontro.
Voltamos mais ricos por trazermos em nossas bagagens tantos ensinamentos. É preciso esta interface para conhecermos a nós mesmos e aos outros.
Foi sugerido no encontro, que aconteça o ANO do Brasil no Brasil, porque aconteceu o Ano do Brasil na França; em 2009 será o Ano da França no Brasil; Maestro e Mestre Francisco sugeriu o Ano do Brasil no Brasil .
--------------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores do Blog

Seguidores no Google+

Total de visualizações de página