Casa de Câmara e Cadeia, museu e Arquivo

Restauração da Casa de Câmara e Cadeia e Arquivo Histórico e Municipal
 A Associação foi a articuladora junto ao Estado para que restaurassem o prédio de nossa Casa de Câmara e Cadeia

Procuramos o Poder Publico Municipal e soubemos que havia um processo de restauração dentro de uma gaveta, na AGEPEL. Fomos em busca desse processo; a partir daí iniciou-se a saga da restauração, uma novela com vários capítulos e atores de diversas linhagens.
Foi aprovada uma Emenda - do Deputado do PT, Mauro Rubem - Orçamento do Estado para restauração da Casa de Câmara e Cadeia: R$80.000.00 ( pouco, né), mas o processo que encontramos, solicitava R$ 60.000.00. Pensamos: “se continuar na gaveta, não vai resultar em nada”. Continuamos a negociação. Depois de aprovada a Emenda, a burocracia continuou.
Primeiro estavam aguardando dotação orçamentária para liberação da verba. Também estava em vigência a apreciação pelo TC, da justificativa apresentada pela prefeitura referente à prestação de contas da verba destinada à festa do divino de 2008, precisava ser aprovada.Solicitamos ao contador da prefeitura a agilização de documentos comprobatórios das referidas despesas. Isso levou algum tempo, mas, foi resolvido.
A esperança era a informação que nos fora passada porJacy Siqueira: “Fátima, a Câmara Municipal de Santa Cruz, entre 1980 a 1983, criou uma lei de doação do prédio da antiga cadeia ao Estado de Goiás”. Fomos à busca dessa informação.  Não encontramos escritura, não encontramos a lei.  Só sei que é o único edifício da cidade protegido pela Legislação de Tombamento. 
Trabalhamos pela restauração do prédio e pela recuperação dos documentos, tudo ao mesmo tempo:
a)- Toda negociação foi realizada entre Associação dos Amigos de Santa Cruz e AGEPEL, com ciência da prefeitura que, embora, descrentes, apostavam que não conseguiríamos.
Dia 10 de junho de 2009  - Recebemos o seguinte informe:  “Fátima foi liberado o PDF - Programa de Desembolso Financeiro (Sec. da Fazenda) para restauração do prédio da Casa de e Cadeia de Santa Cruz de Goiás.A restauração será realizada pela AGEPEL .
Nesse mesmo dia, Técnicas da AGEPEL: Carmem Lisita, historiadora e arquivista; Yahweh, arquiteta e urbanista; Solange Santana, arquiteta e urbanista, atendendo solicitação de oficio enviado pela Associação dos Amigos de Santa Cruz ä Presidenta da AGEPEL, Srª Linda Monteiro, fizeram uma visita técnica a Casa de Câmara e Cadeia de Santa Cruz.. A visita foi realizada para vistoria no prédio que seria restaurado pela AGEPEL e diagnóstico da massa documental já dedetizada,para posterior higienização.Estiveram presentes na ação:Fátima Paraguassú,  Marilucie, Jacira, Ana Lucia e Professor Marcelo Benfica da UEG de Pires do Rio.
Fotos da visita técnica da AGEPEL      Fotos: Solange Santana
30 de junho de 2009 - Telefonema de Leo ( licitação) da AGEPEL:  - "Fátima, encerrado processo li citatório de restauração do prédio da Casa de Câmara e Cadeia de Santa Cruz..Será restaurado pela Empresa MORSOU LTDA de Vicente Souto Junior.         Inicia-se o processo de assinatura de empenho e de contrato”
03 de julho de 2009   Iniciou o remanejamento de documentos (Arquivo Histórico ) "acondicionados" na antiga cadeia para o antigo quartel . A higienização da massa documental  feita por Jacira e Ana Lucia  foi realizada por um certo período na sede da ADASANC, ate que findasse o processo de restauração da Casa de Câmara e Cadeia.
10 de agosto de 2009 - A Arquiteta Fabiana da Empresa MORSOU, esteve em Santa Cruz para avaliar o Prédio da Casa de Câmara e Cadeia para inicio da restauração.
22 de agosto de 2009 - A restauração da Casa de Câmara e Cadeia de Santa Cruz foi iniciada. O sonho de ver implantado nosso Centro de Memória (Museu e Arquivo Histórico) no prédio restaurado, começava a virar realidade.
Dia 04 de fevereiro de 2010 - Com as presenças da presidente da Agência Goiana de Cultura (Agepel), Linda Monteiro, e de autoridades locais, o governador Alcides Rodrigues entregou à população de Santa Cruz de Goiás o prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia,  restaurado.
88888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888
Arquivo Histórico Municipal
 Toda massa documental referente a História de Santa Cruz , acondicionado no interior da Casa de Câmara e Cadeia, se sucumbia pelo tamanho descaso em que se encontravam por anos a fio. 

Fotos: Aroldo
Crianças, voluntariamente, auxiliaram na briga travada com os cupins famintos..., "devoraram quase tudo" disseram em uníssono. Foram vários dias de batalha e desolação por vermos que muita coisa estava destinada ao descarte. Pensávamos em sacudir os bichinhos de cabeça para baixo, para vermos se eles regurgitavam os papéis que há anos os alimentaram.
Infelizmente, quase todo Arquivo fora destruído pela ação de cupins, goteiras... Outra parte carregada por astutos visitantes que, sem pedirem licença, arrancaram folhas, ou levaram livros, documentos... Tomaram nossa história emprestada, NUNCA devolveram. 
Depois de identificarmos e separarmos arquivos danificados pela ação corrosiva de pragas e goteiras, cobrimos o restante com um plástico comprado na casa de produtos agropecuários ( Senhor Miguel colaborou nessa ação). A chuva caia dentro do prédio fazendo poças de água em cima de documentos.
 Arquivista/UEG de Pires do Rio e UFG de Catalão estiveram no local analisando os documentos.








DEPOIMENTOS: 
 
 
Moema Nepomuceno/Brasília - DF:
Menina, esse é o museu que funcionava na antiga cadeia?!!??! nao creio, nao posso acreditar, que ele está nessa situação.....  Que tristeza!!! aposto que tem dedo seu nesse trabalho de revitalizar!!  parabenssssssssssss olha, Sta Cruz precisa de mais gente com seu perfil!!
É lamentavel a cidade deixar seu patrimônio histórico e cultura chegar a  essas condições... uma pena!!! boa sorte e sucesso!! lembro qdo o pessoal da Universidade foi ai e organizou tudo....  deixou tudo arrumado, exposto, tava tudo lindo!! uma vergonha  que os governos da cidade  trataram com total desrespeito a única fonte de História daí...que triste! eu, sinceramente, sinto vergonha por quem fez isso... lamentável amiga,  to revoltada só de ver essas fotos....Estas crianças, uma lição pros adultos, pros prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e povo que não tá nem aí pra sua cidade! parabens, mais uma vez!!!uma vergonha!! revoltante ver isso, viu..... só vc mesmo pra agir e fazer alguma coisa!! putz!!
  Douglas/ Goiânia:
"ESSA ERA A ÚNICA BIBLIOTECA QUE TINHA EM NOSSA CIDADE ONDE VARIAS VEZES ESTUDEI E FIZ MUITOS TRABALHOS ESCOLARES  E SE ENCONTRA NESSAS CONDIÇÕES, MUITAS CIDADES QUERIAM TER  UM PRÉDIO HISTÓRICO COMO ESSE E NÃO TEM... FAZER O QUE?????
 
Foto dos documentos jogados pelo chão






 

  
11 de maio de 2009, as 10 horas da manhã - Sob o olhar atento de crianças,que sonhavam com a restauraçao da Casa de Camara e Cadeia de Santa Cruz, foi relizado   uma desinfestação e descupinização no prédio da Casa de Câmara e Cadeia  e nos documentos nele abrigados.
Uma açao da ADASANC - Associação dos Amigos de Santa Cruz. Custeamos a desinfestação para salvar o pouco que resta de nossa Memória, ali abrigado.
`Continuaçao do processo de organização do Arquivo Histórico
 
 
11 de junho de 2009
 
Técnicas da AGEPEL (foto) Carmem Lisita, historiadora e arquivista; Yahweh, arquiteta e urbanista; Solange Santana, arquiteta e urbanista, atendendo solicitação de oficio enviado pela Associação dos Amigos de Santa Cruz ä Presidenta da AGEPEL, Srª Linda Monteiro, fizeram, 10 de junho de 2009, uma visita técnica a Casa de Câmara e Cadeia de Santa Cruz, onde está abrigado parte de nosso Arquivo Histórico.A visita foi realizada para vistoria no prédio que seria restaurado pela AGEPEL e diagnóstico da massa documental já dedetizada,para posterior higienização.Todo trabalho foi realizado pela ADASANC – Associação dos Amigos  de Santa Cruz. . Estiveram presentes:Fátima Paraguassú,  Marilucie, Jacira, Ana Lucia e Professor Marcelo Benfica da UEG de Pires do Rio.
 
a href="http://santacruzdegoias.net/galeria/arquivohistorico/">Fotos do Arquivo


2 - Essa visita aconteceu no mesmo dia da liberação do PDF - Programa de Desembolso Financeiro (Sec. da Fazenda) para restauração do prédio da Casa de e Cadeia de Santa Cruz de Goiás.

 24 de junho de 2009 - CAPACITAÇÃO
      Foto:Meire Yazigi, Carmem Lisita, Elivam Ferreira,
Ana Lucia, Jacira de Brito e Fátima Paraguassú

Membros da Associação dos Amigos de Santa Cruz e funcionárias da Prefeitura, participaram hoje, dia 24 de junho de 2009, de 8:30 hs ao meio dia, de uma capacitação em higienizaçao de documentos no Arquivo Histórico Estadual. Capacitação ministrada por Carmem Lisita, historiadora e Diretora do Arquivo Estadual..Esteve conosco, Mary José Yazigi, Diretora de Patrimonio da AGEPEL, na época em que fora criado nosso Arquivo Histórico, década de 80.
Iniciamos a higienização dos documentos da cadeia antiga; material de proteção aos higienizadores foram adquiridos pela ADASANC. Os documentos serão removidos para a sededa ADASANC.  
 
 



03 de julho de 2009
  Inicio do remanejamento dos documentos do Arquivo Histórico Municipal para a sede da ADASNAC;desocupação do prédio da Casa de Câmara e Cadeia para restauração.. Inicio da higienização da massa documental, por Jacira, Ana Lucia. Enquanto restauravam a antiga cadeia, os documentos eram higienizados na sede da ADASANC sendo transportados à origem tão logo restaurada a Casa de Câmara e Cadeia.
Uma grande quantidade de documentos foram remanejados para o  antigo quartel; ano de 2012 remanejados para um cômodo na sede do Conselho Tutelar e lá acredita-se que serão descartados, caso não tomem providência em recuperá-los..
16 de setembro de 2009 - Jacira e Ana Lucia, Arquivistas de Santa Cruz, participaram de um mini curso ministrado por Carmem Lisita, no Arquivo Histórico Estadual. Nesta terça e quarta - feira, dias 15 e 16 de setembreo de 2009, as jovens aprenderam a classificar documentos .
 Dia 04 de fevereiro de 2010 Com as presenças da Presidenta da Agência Goiana de Cultura (Agepel), Linda Monteiro, e de autoridades locais, o governador Alcides Rodrigues entrega à população de Santa Cruz de Goiás o prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, após restauração.



ARQUIVOS DO JUDICIÁRIO  DE SANTA CRUZ:

E-mail enviado pela ADASANC a Arquivista Ana Lucia do TJGO:

Ana Lucia, bom dia

Sou Fátima Paraguassú de Santa Cruz de Goiás. Estamos trabalhando na preservação e salvaguarda de nossa Memória Cultural. Em nossas ações deparamos com a quase extinção de nosso Arquivo Público e Histórico. Nesta tentativa de salvaguardar para a posteridade é que, estou entrando em contato com a senhora para que agende uma visita técnica ao Fórum de Santa Cruz de Goiás, cujo Juiz é Dr. Nivaldo. Já falei com ele sobre o arquivo.
Soube que um pesquisador  levou documentos do Fórum. Fui até a pessoa denunciada; fomos eu, Eliane e Marilucie, ele nos mostrou uma cópia do referido documento.Disse ter adquirido quando os documentos estavam em uma casa, durante a reforma do Fórum.
Dr. Nivaldo está interessado em organizar de forma correta os arquivos.
 
Atenciosamente
Aparecida Teixeira de Fátima Paraguassú
Associação dos Amigos de Santa Cruz


Resposta da Arquivista Ana Lucia do TJGO a ADASANC:

Olá Fátima,
 

Desde que cheguei ao TJGO a dois anos percebi a enorme demanda acerca da Memória Goiana, em especial no Poder Judiciário. Nem mesmo este órgão de 2a Estância possui um trabalho nesse sentido. Aliás, mesmo os arquivos correntes e a gestão documental está em fase muito embrionária e sempre relegada a segundo plano. Mas já tivemos algumas vitórias, no mês passado, por exemplo, foi aprovada a Comissão Permanente de Avaliação Documental deste Tribunal. Estamos pouco a pouco conscientizando o órgão da necessidade de organização e gerenciamento da informação arquivística (que envolve também a história de um povo) no Poder Judiciário de Goiás. A falta do curso na área de Arquivo poiora ainda mais esse quadro já que somos formados em Brasília e devemos voltar em breve a nossas origens. Um estado tão grande e tão precioso de história como o Goiás não pode ficar mais sem profissionais nessa área.
Visitamos o Fórum de Ivolândia recentemente e estamos elaborando um relatório acerca do estado de organização do Arquivo daquela Comarca, entregaremos também um parecer técnico do que pode ser feito para melhorar a situação em termos de organização, segurança, conservação, dentre outros itens.
Gostaríamos de fazer o mesmo trabalho em todas as Comarcas, mas a demanda em nosso próprio órgão é muito grande para apenas dois arquivistas.
Mesmo assim estamos à disposição. Para atender a sua solicitação, o Juiz desta Comarca poderia mandar um ofício formalizando e justificando esse pedido, encaminhando-o ao Tribunal de Justiça solicitando a presença dos arquivistas: Ana Lúcia S. do Carmo e Guaraci Paes para realizar a referida visita técnica.
Ficaremos felizes em atendê-los.
 
Abraços,
Ana Lúcia S. do Carmo.
Arquivista - TJGO
Diante deste fato encaminhamos estes dados ao Dr. Nivaldo, Juiz de Direito de Santa Cruz para devidas providências.

Outubro de 2010 - Jacira e Ana Lucia, capacitação em higienizaçaõ e catalogação de documentos no Arquivo Histórico Estadual

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores do Blog

Seguidores no Google+

Total de visualizações de página